Só para encher a tua bola e o meu quarto de estrelas

Enquanto chove lá fora e você dorme aí, aqui dentro me enfeito da vontade de te ver amanhã.
P.S. Ou você fala ou boceja. Você me irrita!
Eu sempre soube que você é um chato mesmo.
Procurei no Baú:

3 bilhetinhos deixados no baú:

entremares disse...

Vinte e sete... vinte e oito... vinte e nove...
- Não achas que já é suficiente? Estamos a ficar sem espaço...~
- Trinta e dois... trinta e três... trinta e quatro...
- Lilo, já chega. Já temos a casa cheia...
- Só mais uma... trinta e oito... trinta e nove... ahhh... quarenta.
- Já acabaste?
- Já... quarenta, consegui juntar quarenta. Acabei.
- Brilhante... e agora, o que vais fazer?
- Agora? Não sei, ainda não pensei nisso...estive só a juntar as nossas provisões para o inverno...
- As nossas provisões ? As tuas provisões, queres dizer...
- Ahn? Mas são avelâs, meu amor...
- E então ? Não sabes que as avelâs me fazem mal ?
- Não me lembrei, desculpa...
- E agora ? O que vais fazer ? Preciso de espaço para arrumar as minhas nozes.
- As tuas nozes ? Hum, deixa-me pensar... já sei.
- Já sabes ? Assim tão de repente?
- Pois é claro. Eu sou de ideias rápidas. E tenho sempre ideias brilhantes...
- Sim... e qual é a ideia agora ?
- É simples, pois então... é só eu convidar os meus amigos, sabes... aqueles da árvore do jardim, para virem aqui a casa, no fim de semana, ver o jogo na televisão... entre todos, havemos de dar algum despacho às avelâ... e tu já ficas com espaço para as nozes... é uma boa ideia, não é ?
- ... estou com um mau pressentimento acerca dessa tua ideia...

_ Lilo, como vais? Estou atrasado?
- Olá Miko... não, está tudo bem, ainda está a dar a publicidade...
- Os outros, já chegaram todos ?
- Já... só faltavas tu.
- Tu és um compincha, Lilo, a sério. Como a conseguiste convencer a receber-nos todos cá em casa, para assistirmos ao jogo?
- Shiuuu... fala baixo, Miko, fala baixo... já devias saber que eu sou cheio de recursos... foi só falar-lhe ao coração, só isso...
- A minha dar-me-ia logo com o rolo da massa em cima... tu és um espectáculo, Lilo... o Jocas, também veio ?
- Veio, veio... e trouxe o primo também... estamos todos...os vinte.
- Os vinte? E a tua mulher... não disse nada?
- Ahn... não... por acaso, até eu próprio estou espantado...

- Lilo?
- Sim, querida?
- Pedes aí o casaco ao Miko? Estou a arrumá-los todos no quarto, para poupar espaço...
- Claro, claro... toma.
- Obrigado... e agora, antes de eu sair e deixar-vos em paz, a ver o jogo, só mais uma coisinha...
- Sim, querida...
- Pedes a eles que se calem, por favor? Senão, ninguém me ouve.
- Claro, claro... pessoal, vamos lá a fazer silêncio... aqui a minha Lila quer dizer-vos qualquer coisa...

- Meus queridos... fico muito contente que tenham vindo ajudar o Lilo a acabar com todo o stock de avelâs que ele arranjou... mas como sabem, eu detesto avelâs, fazem-me muito mal. Aliás, ele sabe muito bem que eu gosto é de nozes, daquelas grandes, não demasiado secas, suculentas... Deixei-vos as bebidas prontas na cozinha, podem servir-se à vontade... e a propósito, como sei que todos vocês se combinaram para organizar isto, fiquem desde já a saber que só vos devolvo os casacos, com as vossas carteiras, chaves e tudo o resto... quando cada um de vocês me vier trazer aqui a casa duas nozes, daquelas que eu gosto... é um pagamento justo, não acham?

E ergueu uma das patas, exibindo triunfalmente a chave do baú onde guardara todos os pertences dos convidados. Depois deu um salto e pulou para o jardim.

- E não sujem muito a cozinha... ainda gritou.

Náhira Brunelle disse...

Adorei o post e o comentário acima!
Dê o troco.... sendo simpática e educada. Entende?
Não precisa pagar com a mesma moeda e sim, com classe ;)
Espero que eu tenha entendido seu post e não atrapalhado as coisas rsrs
beijinhos!

Sandrinha disse...

Muiiito obrigada pelo carinho!
bjs

Postar um comentário